Porque a solicitação de ESTA exige informações do empregador?

Publicados: Aug 17, 2020, Editado: Aug 17, 2020 | Tag: Informações de emprego ESTA, Aplicação ESTA

As informações de emprego são usadas pelo Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras (CBP) para ajudar a determinar se os solicitantes de ESTA pretendem entrar ilegalmente nos Estados Unidos para se tornarem migrantes económicos. A secção específica relacionada com esta lei está na Secção 214b da Lei de Imigração e Nacionalidade dos EUA. Os solicitantes de ESTA devem fornecer informações sobre emprego como prova de ter ligações económicas substanciais com o país de residência ou cidadania. As informações do empregador de um solicitante de ESTA atuam como prova de elegibilidade satisfatória para viajar como não imigrante (ou visitante) para os Estados Unidos ao abrigo do Programa de Isenção de Visto e da Lei de Imigração e Nacionalidade dos EUA.

Qual é a intenção da Secção 241b da Lei de Imigração e Nacionalidade dos EUA?

O objetivo da lei é garantir que os candidatos fornecem evidências suficientes para provar que têm laços familiares e económicos fortes com o país em que residem ou com o país de cidadania. Exemplos de laços económicos incluem emprego, contas bancárias ou comprovativo de hipoteca.  Poderão fazer-lhe perguntas sobre os seus laços familiares e económicos com o seu país de residência ou cidadania após a sua chegada à fronteira com os EUA. Se um candidato pretender visitar os EUA especificamente para procurar oportunidades de trabalho, poderá estar a violar a lei. No entanto, visitar os EUA para participar numa entrevista de emprego enquanto viaja usando um ESTA não constitui procura de emprego. A questão de elegibilidade relevante no formulário de ESTA relacionada com a lei é a seguinte: “Está atualmente à procura de trabalho nos Estados Unidos ou trabalhou anteriormente nos Estados Unidos sem permissão prévia do governo dos EUA?”.

Devo fornecer as minhas informações de trabalho na solicitação de ESTA?

Sim, como essas informações são solicitadas especificamente no formulário de solicitação, os candidatos devem fornecer os detalhes relativos ao seu empregador da melhor maneira possível. Não fornecer deliberadamente informações sobre trabalho numa solicitação de ESTA pode afetar a decisão do CBP. O CBP não julga o mérito de nenhum tipo específico de trabalho. Ser capaz de mostrar prova de emprego é um benefício para os candidatos, para mostrar que não pretendem violar as leis de imigração dos EUA.

Que informações de trabalho são solicitadas?

Os campos de informações exigidos como parte da secção de emprego no formulário de ESTA são Nome do empregador, Cargo, Endereço do empregador (linha de endereço 1, linha 2, estado/província região, cidade e país). Atualmente, nenhuma outra informação é solicitada no formulário, tal como salário, data de início, nome do supervisor ou outros detalhes, mas o CBP pode decidir adicionar mais campos no futuro. Os solicitantes que estão reformados ou não estão empregados não precisarão fornecer nenhuma informação na secção de emprego do formulário.

Conclusão

As informações de trabalho na solicitação de ESTA são um campo obrigatório, embora os candidatos possam optar por não fornecer os detalhes do seu empregador. É recomendável que os candidatos respondam às perguntas sobre trabalho na solicitação de ESTA e forneçam os detalhes mais precisos e recentes do seu trabalho para não atrasar o processamento do seu ESTA nem mostrar a intenção de potencialmente violar as normas referentes à Lei de Imigração e Nacionalidade dos EUA.

Se possui um passaporte de um país elegível para isenção de visto e deseja obter um ESTA para fins turísticos, de negócios, médicos ou de trânsito, inicie a sua solicitação ou visite as FAQ para saber mais sobre o ESTA.

Solicite a ESTA